Cantinho da redação – Censure, por favor!

tv-retro-468x351

Eu, Luslândia Carvalho, sou a favor da censura.

Calma, caro Leitor! Não me entenda mal. Sou a favor da “boa” censura. Não tenho nada contra a liberdade de expressão, inclusive acredito que essa foi uma das conquistas mais importantes do nosso país. O que não posso aceitar é o uso dessa conquista como desculpa para algumas pessoas fazerem o que bem entenderem da mídia, sem se preocuparem com o público que a acompanha.

Por que essa minha postura? Porque não suporto mais ver alguns absurdos nas redes de TV e na internet.
Outro dia, assistindo a uma novela na Rede Globo, no horário de 17h30min, me deparo com a cena de um casal fazendo sexo. Faço questão de reforçar o horário: 17h30min. Horário que provavelmente seu filho, seu sobrinho, seu neto estão na sala se distraindo e assistindo a TV.

Aí, quando resolvo mudar de canal para a Band ou para a Record, me deparo com os jornais sensacionalistas que insistem em me fazer acreditar que estamos em uma guerra e que tenho que me trancar em casa, pois se eu colocar o “nariz” para fora serei assaltada ou alvejada à queima-roupa.

Eles invadem a dor dos familiares das vítimas e não se preocupam com os reais sentimentos dos entrevistados. Estão mais preocupados com os pontos de audiência que alcançarão, mesmo que para isso tenham que explicitar imagens de cadáveres estirados no meio da rua.

Recentemente vi em uma rede social, uma pegadinha que foi veiculada no programa Silvio Santos (SBT), que me deixou completamente perplexa. Tratava-se de uma mulher completamente nua, que se insinuava e pedia ajuda a algumas pessoas em locais públicos e que em seguida aparecia com uma cabeça humana na mão.

Então lhes pergunto: A que ponto chegamos?

E para completar, vejo circular vídeos na internet de crianças dançando e cantando músicas de Funk com letras tão grotescas que nem me atrevo a repeti-las aqui. E o pior para mim é ver que alguns programas de TV apresentam essas crianças como revelações mirins, incentivando assim, a propagação desses absurdos.

Por estes e por muitos outros fatos que tenho acompanhado todos os dias, é que me coloco a favor da censura de algumas cenas e programas que não julgo dignos e saudáveis para a saúde do país.

Eu já censurei este tipo de programação na minha TV e acredito que uma boa reflexão sobre o assunto seja válida para tentarmos garantir um futuro melhor para os nossos filhos e para as próximas gerações.

Agradeço pela atenção e deixo aqui o meu abraço a todos vocês que ainda acreditam em um mundo melhor.

Categories: Cantinho da redação | Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

blogfjteste

A great WordPress.com site

Perfeita Assimetria

Porque a "perfeita simetria" é muito chata. Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante.

Animalescos

Site dedicado aos nossos melhores amigos

Uma Sul Americana

Blog de viagem da América do Sul

Literatura é a tua mãe

Porque na realidade, a literatura é mãe de todos nós

Alvorada dos Povos

Insistir, Persistir, Lutar…

Edgar de Sousa

Coisas parvas da Vida!

%d bloggers like this: