Cantinho da redação – Pagando a conta

Depois de anos de desperdício e maus tratos o planeta finalmente começa a cobrar sua conta, e esta será muito cara. Começamos a sentir com a falta d’água ou a sofrer com as chuvas torrenciais que chegam quando menos se espera e leva tudo o que encontra pelo caminho.

É chegada a hora de pagar pelos nossos crimes, de sermos julgados por nossos erros. Dizem que o ser humano é um dos animais mais adaptável do planeta. Espero que sejamos capazes de nos acostumarmos a tempo com a nossa nova realidade e que consigamos sobreviver aos ataques que a natureza esta preparando.

Penso que chegará um momento em que não haverá diferença entre ricos e pobres, pois não haverá dinheiro capaz de fazer brotar um copo d’água da terra. Os pobres com certeza serão os mais atingidos a princípio, a final o dinheiro compra o ar condicionado, o aquecedor, uma casa em lugar seguro, porém não compra a estabilidade do planeta e cedo ou tarde os efeitos serão tão impactantes que não fará diferença a classe social ou o status que alguém possui.

O mundo já sofre com grandes catástrofes e apesar de ouvirmos e vermos isso todos os dias na televisão e na internet, somos hipócritas. Dizemos estar preocupados com o meio ambiente e com a saúde do planeta, mas não fazemos absolutamente para mudar essa situação. Continuamos a usar esse espaço, oferecido a nós como moradia passageira, para depositarmos todo o  lixo que produzimos, seja ele sólido, gasoso ou líquido.

Eu também estou nessa lista das pessoas que só olham de fora e dizem: “Nossa, que horror! O mundo está acabando.” Está sim, meu amigo. O que faremos para mudar essa situação? Será que ainda há tempo para nós? Até quando acreditaremos que a água nasce milagrosamente em nossa torneira? Até quando?…

O universo tende a voltar sempre a seu equilíbrio e caso seja necessário a nossa extinção, nossa querida Terra não hesitará em tomar essa decisão.

As palavras que escrevo não são para aterrorizá-lo, querido leitor, mas para alertá-lo do que está por vir e da nossa obrigação diante da “nossa casa”. Veja o vídeo a seguir e tire suas próprias conclusões. Um grande abraço e até nosso próximo encontro.

Categories: Cantinho da redação | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

blogfjteste

A great WordPress.com site

Perfeita Assimetria

Porque a "perfeita simetria" é muito chata. Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante.

Animalescos

Site dedicado aos nossos melhores amigos

Uma Sul Americana

Blog de viagem da América do Sul

Literatura é a tua mãe

Porque na realidade, a literatura é mãe de todos nós

Alvorada dos Povos

Insistir, Persistir, Lutar…

Edgar de Sousa

Coisas parvas da Vida!

%d bloggers like this: