Cantinho da redação – De repente passou

ImagemFechei os olhos por um instante e de repente já era adulta. Chegaram as responsabilidades, as decisões a serem tomadas, as contas a serem pagas. Por onde andei enquanto o tempo passava? Ainda não me reconheço nesse rosto e nesse corpo estranho. Sempre acho que o tempo passa depressa demais.

A nossa jornada nesse mundo é apenas um pingo da eternidade. Apesar de dizerem que o dia tem 24 horas, parece ter bem menos, como se passasse em minutos.

Tudo acontece tão depressa que não temos tempo nem mesmo para respirar direito. Vamos seguindo a onda dos acontecimentos sem tomar consciência de quem somos e o que fazemos aqui. Perdemos a noção do tempo e do espaço em que vivemos. Perdemos a chance de dar importância ao que realmente importa, enquanto nos preocupamos com o pagamento da fatura do cartão de crédito e nos matamos de trabalhar em dois empregos para dar conta de pagar os nossos desejos. Enquanto isso os amigos se vão, os filhos veem, os parentes morrem, a vida passa e nos deparamos com o triste pensamento de que devia ter dado mais atenção ao que não pode ser comprado.

Não me entenda mal, caro leitor, não sou contra o desejo de possuir bens materiais ou dinheiro de sobra, até por que, são eles que nos oferecem o conforto e a segurança que precisamos no dia a dia. Porém não acredito ser correto fechar os olhos para os sentimentos das pessoas e focar somente na aparência ou em alegrias momentâneas. A maior parte dos relatos que ouço das pessoas mais vividas é que as melhores coisas da vida nos são entregue de graças, mas requerem atenção para manterem-se vivas. Exemplos são: as amizades, os amores, a saúde.

De repente você acorda de manhã e já se encontra com 80 anos, e a vida passou num piscar de olhos. O que vocês fez? O que tem para descrever além das incontáveis horas de trabalho? O que trouxe na bagagem que possa-lhe ser útil hoje?

Respire amigo, pense um pouco, não vai apenas na maré do cotidiano. Você merece mais do que isso. Te espero na outra ponta da vida para trocarmos figurinhas e contarmos histórias.

Um grande beijo e até breve!

Categories: Cantinho da redação | Tags: , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

blogfjteste

A great WordPress.com site

Perfeita Assimetria

Porque a "perfeita simetria" é muito chata. Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante.

Animalescos

Site dedicado aos nossos melhores amigos

Uma Sul Americana

Blog de viagem da América do Sul

Literatura é a tua mãe

Porque na realidade, a literatura é mãe de todos nós

Alvorada dos Povos

Insistir, Persistir, Lutar…

Edgar de Sousa

Coisas parvas da Vida!

%d bloggers like this: