Função metalinguística: linguagem falando de linguagem

 

Bom dia Galera! Hoje vamos falar de uma função um pouquinho complicada de entender: a metalinguagem. Mas fica ai que a gente explica direitinho, ok?😉

A função metalinguística é utilizada quando a preocupação do redator está voltada para o próprio código utilizado, ou seja, o código é o tema da mensagem ou é utilizado para explicar o próprio código. Veja essa tela de Van Gogh.

 

 

Nela a metalinguagem se manifesta em dois aspectos, primeiro porque a tela tem por motivo a própria pintura e segundo porque trata-se de um auto retrato, ou seja, o pintor retratado é o mesmo pintor que faz a obra de arte.

Ainda está confuso? Então vamos tentar explicar melhor. Sempre que a linguagem falar da linguagem, temos a metalinguagem. Por exemplo, quando um filme tem por tema o próprio cinema ou uma peça de teatro tem por tema o próprio teatro, a função metalinguística está sendo utilizada.

Confira o comercial a seguir do lançamento do Fiat Spazio de 1983 e observe como o locutor fala do vídeo, enquanto ele próprio está participando do comercial.

 

 

Por hoje é só Pessoal, espero que tenha ficado claro a explicação.

Um beijo e vejo vocês aqui amanhã novamente🙂

 

Categories: Dicas, Publicidade, Redação | Tags: , , , , , | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “Função metalinguística: linguagem falando de linguagem

  1. Pingback: Descontraindo « Redação no café

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

blogfjteste

A great WordPress.com site

Perfeita Assimetria

Porque a "perfeita simetria" é muito chata. Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante.

Animalescos

Site dedicado aos nossos melhores amigos

Uma Sul Americana

Blog de viagem da América do Sul

Literatura é a tua mãe

Porque na realidade, a literatura é mãe de todos nós

Alvorada dos Povos

Insistir, Persistir, Lutar…

Edgar de Sousa

Coisas parvas da Vida!

%d bloggers like this: